AMA SER | TAI PAZ & AGROBEAT | OPERA(RIO) | SUSANA TRAVASSOS
AMA SER | TAI PAZ & AGROBEAT | OPERA(RIO) | SUSANA TRAVASSOS

AMA SER | TAI PAZ & AGROBEAT | OPERA(RIO) | SUSANA TRAVASSOS

Este evento já acabou.
Aconteceu em domingo 19 nov 2023
Fábrica do Braço de Prata
R. Fábrica de Material de Guerra 1, 1950-128 Lisboa, Portugal
Este evento já acabou.

Descrição

Este PassFábrica dá acesso aos concertos: 21h30 | AMA SER com Madalena Ruas e Ana Castanheira | Sala Nietzsche 22h00 | TAI PAZ & Agrobeat ensemble | Sala Visconti 23h00 | (OPERA)RIO - Ciclo de canto lírico | Sala Prado Coelho 23h00 | SUSANA TRAVASSOS | Sala Nietzsche + SAIBA MAIS: 21h30 | AMA SER com Madalena Ruas e Ana Castanheira | Sala Nietzsche AMA SER é uma parceria de ANA CASTANHEIRA e MADALENA RUAS para inspirar a conexão do Ser humano com a sua sensibilidade e a expressão do seu Sentir, como forma de autoconhecimento e desenvolvimento de relacionamentos mais conscientes consigo próprio, com os outros e com o Mundo. Através da Música e da Palavra criadas a partir de um lugar de Presença, Sensibilidade e Afetividade, propomos ferramentas com base na meditação, expressão e expansão da Consciência de si mesmo para uma vida mais madura, plena e criadora e uma ampliação da perspectiva humana à sua dimensão mais sagrada. Para além dos Concertos Contemplativos, existe a partilha e complementaridade com as suas fontes criadoras: as sessões individuais e workshops de transformação pessoal através da Música com Madalena Ruas e as sessões individuais de Life Coaching Consciente com Ana Castanheira, onde a linguagem das perguntas abertas e a desconstrução de conceitos conduz a novos lugares de liberdade pessoal e de expressão da Essência do Ser Humano. 22h00 | TAI PAZ & Agrobeat ensemble | Sala Visconti Pela primeira vez, o projeto musical sai das fronteiras italianas para levar seu ecletismo inovativo na Fabrica Braço da Prata de Lisboa! Tai Paz é mistura de vibes e de grooves, de línguas e de imagens. A partir de um impulso do Italo argentino Paz Pugliese (compositor e autor), o projeto é tentativa de transformar imaginários e musicas distintas numa forma mais íntima e experimental, num clímax musical que começa da intimidade, as viagens e os amores, até a celebração da coletividade e da natureza. Ritmos afro e afro-brasileiros, harmonias latinas, jazz com toques de dub, são equilibradas com misturas e invenções linguísticas entre italiano, espanhol e português. Tudo isso convergiu naquilo que chamam Agro beat, sendo que o projeto se desenvolveu no contesto rural das montanhas de Rimini, entre bosques e cabras, e sente forte, também no imaginario criado pelas suas musicas, a dimensão rural e os conflitos interiores de viver no mundo capitalistico post-moderno. Em 2022 saiu o primeiro EP "Tai Paz VS Poteri Forti ". Em Outubro 2023 foi lançado o single "Auga", gravado em Salvador de Bahia. Tai Paz é: Paz Pugliese : Voz e Baixo Irmãs Caravana: Vocais Lorenzo Brighi: Guitarra e efeitos Simone Percustranho: Bateria e percussão Surya Talamonti: flauta transversal 23h00 | (OPERA)RIO - Ciclo de canto lírico | Sala Prado Coelho Tiago Mileu convida Filipa Portela (soprano) e Rita Coelho (mezzo-soprano). 23h00 | SUSANA TRAVASSOS | Sala Nietzsche Susana Travassos é uma cantora algarvia que nos últimos anos conquistou um lugar de prestígio na América Latina, especialmente no Brasil, onde viveu por quase 10 anos. Com uma interpretação única e uma voz precisa, Susana partilhou o palco com Yamandu Costa, Luísa Sobral, Toninho Horta, Chico Saraiva, Chico Pinheiro, Chico César, Zeca Baleiro, Quique Sinesi, Carlos Aguirre, Jean Charnaux entre outros. Seu primeiro álbum “Oi Elis”(2008) foi um tributo a cantora brasileira Elis Regina. “Tejo- Tietê" (2013), uma colaboração com o guitarrista brasileiro Chico Saraiva. Pássaro Palavra (2019) é o seu primeiro projeto de originais, gravado em Buenos Aires, em que Susana afirma-se como compositora. O álbum tem uma identidade própria que bebe de estilos como o fado, a música latino-americana e o tango, traduzindo-os para a linguagem universal do jazz. Conta com uma canção inédita de Luísa Sobral, composta especialmente para a voz de Susana que fala sobre violência doméstica. Este projeto já viajou por diferentes países, tais como: Colômbia, Argentina, Brasil, Espanha, Canárias e Coreia do Sul. Susana Travassos foi finalista do Festival da Canção onde defendeu uma canção da Aline Frazão em 2018. Neste concerto apresenta-se em trio com o pianista alemão Simon Seidl e o harmonicista português Gonçalo Filipe de Sousa.

Produzido por

Fábrica Braço de Prata
Fábrica Braço De Prata
183 seguidores
Seguir
Ao seguir este produtor você aceita compartilhar o seu email com eles.

Localização

R. Fábrica de Material de Guerra 1, 1950-128 Lisboa, Portugal